top of page
Buscar
  • fastpassidiomas

Explorando as Variações Linguísticas: Inglês Britânico e Inglês Americano

Atualizado: 7 de ago. de 2023


Ao aprender inglês, é importante entender que a língua possui variações

regionais significativas. Duas das variantes mais conhecidas são o inglês britânico e o

inglês americano. Embora compartilhem uma base comum, esses dois estilos de inglês

apresentam diferenças notáveis em termos de vocabulário, pronúncia e até mesmo na

estrutura da língua. Neste artigo, vamos explorar as principais diferenças entre o inglês

britânico e o inglês americano para ajudá-lo a compreender melhor essas variações

fascinantes.





1. Vocabulário: Uma das diferenças mais evidentes entre o inglês britânico e o inglês

americano está no vocabulário. Existem palavras que têm significados diferentes

ou até mesmo termos exclusivos para cada variante. Por exemplo, no inglês britânico, utiliza-se "lift" para se referir a um elevador, enquanto no inglês americano, é comum dizer "elevator". Da mesma forma, "lorry" (caminhão) é usado no Reino Unido, enquanto nos Estados Unidos se usa 'truck". Familiarizar-se com essas diferenças ajudará você a se comunicar de forma mais eficaz em ambas as regiões.



2. Pronúncia: Outra distinção notável entre o inglês britânico e o inglês americano

está na pronúncia. Ambas as variantes têm sons e entonações características. Por

exemplo, no inglês britânico, é comum o uso do som "r" retroflexo, enquanto no

inglês americano, esse som pode ser mais suave ou inexistente. Além disso, existem diferenças na pronúncia de vogais e consoantes específicas. Ouvir falantes nativos de ambas as variantes e praticar a reprodução dos sons corretos ajudará você a se adaptar a essas nuances.



3. Estrutura da língua: Embora a estrutura básica da língua seja semelhante nas duas

variantes, algumas diferenças sutis podem ser observadas. Por exemplo, no inglês

britânico, é mais comum o uso do Present Perfect (ex.: "I have seen") em comparação com o inglês americano, que muitas vezes usa o Simple Past (ex.: "I saw"). Além disso, existem divergências nas regras gramaticais e no uso de preposições. Estar ciente dessas distinções ajudará você a se comunicar de acordo com a variante específica com a qual você está entrando em contato.



Explorar as diferenças entre o inglês britânico e o inglês americano é uma forma fascinante de enriquecer sua compreensão do idioma. Ao conhecer as variações de vocabulário, pronúncia e estrutura da língua, você se tornará mais versátil e preparado para interagir com falantes nativos de ambas as variantes. Lembre-se de que o mais importante é a comunicação eficaz, independentemente da variante que você escolher.

Adotar uma mentalidade aberta e curiosa ajudará você a apreciar as riquezas dessas duas

formas de inglês.



Quer saber como melhorar a sua Pronúncia? Veja aqui!



48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page